Regulamento Copa dos Campeões

| 29/30 de setembro 2018 |

REGULAMENTO TÉCNICO

T1. CHASSIS;

Estão homologados todos os chassis utilizados pela UPAF e LPA. O comprimento do chassi é livre, desde que não exceda os limites da carroceria e do próprio chassi. Não serão permitidas mudanças na estrutura do chassi, apenas ajustes e regulagens, ou seja, não se pode eliminar ou substituir qualquer um de seus componentes.

Atenção : Chassis Delta 1 somente com a lingueta reta. Chassi B52 mod. 2011 tem que ter a terceira vareta central.

T2. COROA, PINHÃO E EIXO; 

Relação Pitch 64, sendo a coroa do modelo tradicional (Proslot ou similar), reta, facilmente encontrada nos balcões das lojas. Será permitido o balanceamento, através de pequenos furos na coroa. Não será permitido retificar a coroa e colá-la no eixo. O eixo deverá ser maciço na medida 3/32”. O pinhão permitido será , EM AÇO, do modelo ARP ou similar.

T3. BOLHA;

A bolha homologada para as duas categorias (FALCON e FK/B52) será a BMW Turismo da PROPARTS.

O nome do piloto deverá estar escrito em lugar visível na bolha, e os vidros dianteiros e laterais deverão estar totalmente sem pintura. O spoiler dianteiro deverá ser mantido. Mediante classificação, em qualquer uma das fases, será permitido a substituição de bolha.

T4. PNEUS;

O pneu homologado é o Alpha Wonder. Somente poderão ser utilizados pneus lacrados pela GT para os dias do evento. Não há limites para aquisição de pneus. Os pneus, desde que, lacrados, poderão ser substituídos a qualquer momento durante a corrida, desde que, os carros estejam liberados pela direção de provas. Será permitido balanceamento dos pneus. Os pneus para as três categorias serão entregues a partir de sexta-feira (28/9).

T5. MOTOR;

CATEGORIA FK/B52 (FK NINJA) :

Set Up do motor FK da Proslot, com induzido B52.

Serão permitidos trabalhos de preparação como retifica de coletor, balanceamento, avanço, substituição de carvões e molas, regulagem de GAP, colagem e solda das buchas.

Proibido substituir os imãs, rolamentos, rabicho e alterar as características técnicas do induzido. A caixa do motor poderá ser cortada na parte superior e inferior, conforme modelo disponível na loja. Se necessário enviaremos foto do motor.

Os três primeiros colocados dessa categoria terão os motores da final abertos para vistoria e validação. Serão conferidos, entre outras coisas, a indutância, resistência ôhmica e carga dos imãs, e as medidas de comprimento do blanc e diâmetro do induzido.

Para cada fase da competição o piloto terá direito a lacrar dois motores, que poderão ser utilizados a qualquer momento durante a determinada fase da competição.

CATEGORIA FALCON :

Motor FALCON B52, COM ROLAMENTOS, fornecido pela GT, mediante sorteio.

Cada piloto terá direito a adquirir até 4 motores, para uso individual.

Não será permitido nenhum tipo de retrabalho, exceto amaciamento.

Proibido desgastar a caixa do motor para melhor acomodação junto ao eixo do carro.

Os motores poderão ser utilizados em qualquer fase do torneio.

T6. PESO E MEDIDAS;

O peso mínimo no ato da vistoria inicial será:

– Categoria FALCON – 73g

– Categoria FK/B52 – 71g

Em ambas as categorias será admissível a perda de até 0,3g para a vistoria ao final da corrida. A punição para quem terminar a corrida abaixo desse peso será de cinco voltas por 0,1 g que estiverem abaixo dessa tolerância.

A altura mínima do carro com relação à pista será livre.

Bitola máxima de 82,6mm (Vale o gabarito oficial). Caso haja divergência na vistoria final, o diretor de provas poderá retirar as folgas, desde que, verificado que o pneu se soltou durante a corrida. Caso persista a irregularidade, o piloto perderá 10 voltas.

T7. COMPONENTES DIVERSOS

O guia a ser utilizado será de livre procedência, desde que, comercializado em lojas do brasil.

As buchas poderão ser de livre procedência, sendo vetado o uso de rolamentos no eixo traseiro.

REGULAMENTO DESPORTIVO

D1. INSCRIÇÃO E PREÇOS;

Inscrição para as duas categorias (sábado e domingo) R$150,00.

Inscrição por categoria R$85,00.

Valor da diária para treino livre durante a semana que antecede o evento R$30,00 (o dia) OBS: Não será cobrado treino no dia da corrida, pois esse valor já consta na inscrição.

Valor da camiseta do evento R$50,00 (tamanho P ao GG) . Tamanhos maiores R$60,00

Os pneus serão vendidos por R$65,00 o par, e poderão ser utilizados nas três categorias do evento.

Os motores FALCON (com rolamentos) serão fornecidos a R$95,00. Cada piloto terá direito a até 4 motores.

Aceitamos cartões de crédito e débito (Parcelamentos somente com juros do cartão)

 

D2. DIAS E HORÁRIOS;

TREINOS:

Terça-feira (25/9) – Loja aberta das 14h às 22h. Pista livre para treino.

Quarta-feira (26/9) – Loja aberta das 14h às 22h. Pista livre para treino.

Quinta-feira (27/9) – Loja aberta das 14h às 22h. Pista livre para treino.

Sexta-feira (28/9) – Loja aberta das 8h às 22h. Pista livre para treino. Só será permitido treino com a bolha do evento (BMW Proparts).

Na sexta-feira serão liberados os pneus que poderão ser utilizados nos dois dias do evento.

Também na sexta-feira, após às 10 horas, começarão a ser distribuídos os motores Falcon. A distribuição será feita pelo diretor de provas.

CATEGORIA FALCON

Sábado (29/9) – Loja aberta a partir das 8 horas.

A vistoria será aberta às 9 horas.

Pista desliga às 10h, e os carros deverão estar vistoriados até às 10h20min.

O piloto que não entregar o carro até esse horário, não toma tempo e larga da barra zero. A segunda chance para entrega do carro para a vistoria será logo após a qualificação, ao chamado do diretor de provas.

Após o término da corrida a pista será desligada e a loja fechada. 

CATEGORIA FK/B52

Domingo (30/9) – Loja aberta a partir das 8 horas.

A vistoria será aberta às 9 horas.

Pista desliga às 10h, e os carros deverão estar vistoriados até às 10h20min.

O piloto que não entregar o carro até esse horário, não toma tempo e larga da barra zero. A segunda chance para entrega do carro para a vistoria será logo após a qualificação, ao chamado do diretor de provas.

 

D3. TOMADA DE TEMPO  E MONTAGEM DAS BATERIAS;

A qualificação será realizada na pista laranja, com tempo de 30 segundos.

As baterias serão montadas seguindo o padrão utilizado em campeonatos brasileiros, (ABCDDCBA).

De 1 a 7 pilotos: Apenas uma final, podendo ter deck.

Com 8 pilotos: Os 2 primeiros da qualificação vão direto para a final, enquanto os outros 6 pilotos disputam uma semifinal para classificar os 4 primeiros e fazer a final.

Com 9 pilotos: Os 3 primeiros da qualificação vão direto para a final, enquanto os outros 6 pilotos disputam uma semifinal para classificar os 3 primeiros e fazer a final.

De 10 a 14 pilotos: Serão disputadas 2 semifinais, podendo ter deck, onde classificam-se os 3 melhores que formarão os seis finalistas que disputaram o título.

Com 15 pilotos: Os 9 primeiros da qualificação vão direto para a semifinal, enquanto os demais pilotos disputam 1  quartas de final, onde se classificam os 3 melhores da bateria, em seguida os 12 pilotos classificados disputaram 2 semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 16 a 18 pilotos: Os 12 piores tempos da qualificação disputaram 2 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputaram as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 19 a 21 pilotos: Os 18 piores tempos da qualificação disputaram 3 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputaram as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputaram o título.

De 22 a 24 pilotos: Todos disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputaram as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 25 a 27 pilotos: Os 6 piores tempos da qualificação disput disputaram arão 1 oitava de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputaram as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 28 a 30 pilotos: Os 12 piores tempos da qualificação disputaram 2 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputaram as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 31 a 33 pilotos: Os 18 piores tempos da qualificação disputaram 3 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputaram as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 34 a 36 pilotos: Os 24 piores tempos da qualificação disputaram 4 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputaram as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 37 a 39 pilotos: Os 30 piores tempos da qualificação disputaram 5 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 40 a 42 pilotos: Os 36 piores tempos da qualificação disputaram 6 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 43 a 45 pilotos: Os 42 piores tempos da qualificação disputaram 7 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 46 a 48 pilotos: Todos disputarão 8 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 49 a 51 pilotos: Os 6 piores tempos da qualificação disputaram 1 repescagem classificando os primeiros de cada bateria para que tenham 48 pilotos que disputaram 8 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 52 a 54 pilotos: Os 12 piores tempos da qualificação disputaram 2 repescagens classificando os primeiros de cada bateria para que tenham 48 pilotos que disputaram 8 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 55 a 57 pilotos: Os 18 piores tempos da qualificação disputaram 3 repescagens classificando os primeiros de cada bateria para que tenham 48 pilotos que disputaram 8 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 58 a 60 pilotos: Os 24 piores tempos da qualificação disputaram 4 repescagens classificando os primeiros de cada bateria para que tenham 48 pilotos que disputaram 8 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 61 a 63 pilotos: Os 30 piores tempos da qualificação disputaram 5 repescagens classificando os primeiros de cada bateria para que tenham 48 pilotos que disputaram 8 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 64 a 66 pilotos: Os 36 piores tempos da qualificação disputaram 6 repescagens classificando os primeiros de cada bateria para que tenham 48 pilotos que disputaram 8 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 67 a 69 pilotos: Os 42 piores tempos da qualificação disputaram 7 repescagens classificando os primeiros de cada bateria para que tenham 48 pilotos que disputaram 8 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 70 a 72 pilotos: Os 48 piores tempos da qualificação disputaram 8 repescagens classificando os primeiros de cada bateria para que tenham 48 pilotos que disputaram 8 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 73 a 75 pilotos: Os 54 piores tempos da qualificação disputaram 9 repescagens classificando os primeiros de cada bateria para que tenham 48 pilotos que disputaram 8 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

De 76 a 78 pilotos: Os 60 piores tempos da qualificação disputaram 10 repescagens classificando os primeiros de cada bateria para que tenham 48 pilotos que disputaram 8 oitavas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 24 pilotos que disputaram 4 quartas de finais classificando os primeiros de cada bateria até que se tenham 12 pilotos que disputarão as semifinais, onde os 3 primeiros de cada bateria formarão os seis finalistas que disputarão o título.

A montagem das baterias seguirá a seguinte ordem, 1º tempo (Fenda laranja), 2º tempo (Fenda branca), 3º tempo (Fenda vermelha), 4º tempo (Fenda verde), 5º tempo (Fenda azul), 6º tempo (Fenda amarela). O grid será montado conforme demarcações na pista.

D4. TEMPO DE CORRIDA;

Não haverá WARM-UP em nenhuma das etapas.

Até 48 pilotos inscritos:

As oitavas de final serão disputadas com o tempo de 120 segundos por 60 segundos de intervalo.

A partir da fase quartas de final as baterias serão disputadas com o tempo de 180 segundos por fenda, e 120 segundos de intervalo.

Acima de 48 pilotos inscritos:

A fase de repescagem, oitavas de final, e quartas de final serão disputadas com o tempo de 120 segundos por 60 segundos de intervalo.

A partir da fase semi final as baterias serão disputadas com o tempo de 180 segundos por fenda, e 120 segundos de intervalo.

O intervalo entre as fases classificatórias será de 20 minutos, caso o piloto não entregue o carro nesse período será penalizado em 10 voltas e terá no máximo mais 5 minutos para entregar, após esse tempo estará eliminado. Pista ligada nesse período, mas apenas para utilização dos classificados para a fase seguinte.

D5. VISTORIAS;

Ao final da corrida os motores da final dos três primeiros colocados da categoria FK/B52 serão abertos e vistoriados.

Um carro poderá ser vistoriado a qualquer momento durante a prova. No caso de ser encontrada irregularidade, o piloto poderá ser desclassificado, ou então deverá realizar os devidos reparos com a pista ligada.

O piloto deverá acompanhar as vistorias.

D6. BOX E MANUTENÇÕES;  

O serviço de Box durante o intervalo está liberado, inclusive a substituição de motor. Bolha não pode ser substituída durante a bateria ou intervalo.

Durante a corrida o carro somente deverá ser retirado da pista e reposto na área demarcada, ou pelo próprio piloto na reta principal.

D7. PREMIAÇÃO;  

Todos os pilotos classificados para a final serão premiados.

D8. PUNIÇÕES;  

Segue relação com alguns dos atos mais comuns que encontramos nas corridas e que serão cabíveis de punição :

– Recolocador não estar no seu ponto de recolocação quando a pista for religada, ou falando ao celular, comendo, bebendo, ou desatento de uma forma geral.

– Xingamentos ou discussões do piloto com o recolocador ou direção de provas.

– Piloto bater com a mão ou com o próprio carro em outro carro quando estiver recolocando o seu carro na pista.

– Carro que estiver em más condições, atrapalhando a corrida dos demais concorrentes, será advertido, e deverá ser retirado da pista e somente retornar depois de consertado.

– Carro sem faixa de pista deverá parar para colocar a faixa imediatamente após a indicação da direção de provas.

– Piloto gritar “Reta” sem que realmente seja reta.

Todas as punições vão desde uma advertência verbal, passando para a perda de voltas, e por último a desclassificação da prova.

 

Todas as punições serão julgadas e aplicadas pelo diretor de provas, conforme o peso do ato e as consequências aos demais concorrentes.

D9. CONSIDERAÇÕES

O controle e a supervisão do campeonato serão exercidos pela comissão organizadora, juntamente com a direção de provas, bem como todas as questões não previstas nesse regulamento. As decisões serão soberanas. Todo e qualquer resultado de uma prova somente será considerado oficial depois de aprovado pelo diretor de provas.

corte

Adendo 01

Com relação aos campeonatos da GT, e principalmente para a Copa dos Campeões 2018, esse é o modelo de corte permitido para a caixa do motor FK, com induzido B52. 
Permitido a substituição de molas, carvões e buchas.
Proibido a utilização de rolamentos.

Para sugestões, críticas ou informações, utilize nosso canal pelo whatsapp.

Chat via WhatsApp